Até 10x SEM JUROS
No Boleto é + Barato!
Envio para Todo o Brasil
A 1° troca é GRÁTIS!

A história da moda Evangélica – Como ela surgiu?

17/08/2018 MODA comentarios
2.070 visualizações

O público evangélico cresce cada dia mais na sociedade, fazendo com que nichos de produtos se voltem para esse público como, por exemplo, livros, camisetas e, há pouco tempo, a moda. Mesmo estando a par desses novos nichos, poucas pessoas sabem qual a história da moda evangélica no mundo, onde e porque surgiu. O que sabemos é que esse nicho está inserido na nossa sociedade há algum tempo e só tem crescido desde então. A gente sabe como é importante saber de onde vem o que consumimos, por isso resolvemos te deixar sabendo de como a moda evangélica chegou a como é hoje e por onde ela passou. Confira!

1. História da Moda Evangélica – Pontos Gerais

Faz um tempo que o público evangélico possui vários nichos no mercado de artigos religiosos e produtos feitos especialmente para ele. Hoje não é mais novidade quando surge um novo nicho pronto para nos atender. Na moda isso não poderia ser diferente!

Com as diferentes doutrinas em algumas igrejas evangélicas e com a moda andando muito longe dos padrões que a igreja nos traz, não é segredo que logo seria necessário um desenvolvimento de moda evangélica com roupas mais comportadas, sem deixar a elegância e o estilo - porque também gostamos disso! Nos últimos trinta anos, a quantidade de evangélicos no Brasil cresceu muito! De acordo com o IBGE, o público que em 1991 era 12,6 milhões, em 2020 tende a chegar a 109 milhões. Por isso, a história da moda evangélica começou.

moda evangelica vestido londo saia longa plissada

saia e blusa jeans titanium jeans saia midi

( Clique na foto para comprar )

 

2. Quando começou a história da Moda Evangélica?

Foi mais ou menos em 2000 que essa moda surgiu, mas faz não muito tempo que ela alavancou. O mercado percebeu a dificuldade das mulheres evangélicas de encontrarem uma roupa que se encaixasse em sua doutrina da igreja e entendeu que elas precisavam ser atendidas. Algumas lojas de jeans acabaram especificando seu público, entendendo que o mercado do jeans para mulheres em geral estava saturado, colocaram suas produções voltadas para as evangélicas, visando atender melhor o público e, consequentemente, aumentar o número de vendas. Alguns dos empresários mudaram para esse nicho ouvindo as próprias mulheres da família reclamando por não ter roupas que de qualidade que condiziam com sua crença. As lojas pioneiras começaram com um pouco de medo, um tanto quanto arriscado começar a produzir o que ninguém produz. Mas logo se espantaram com a quantidade de procura do produto! As mulheres precisavam disso, precisavam de algo bonito que as deixassem confortável e elegante sem deixar de compactuar com sua própria doutrina.

saia midi sino xadrez via tolentino saia jeans azul claro

vestido listrado vestido verde

( Clique na foto para comprar )

 

3. Qual a importância da moda evangélica?

Não há no mundo quem não goste de se vestir bem e a vontade com uma roupa, e todos entendemos que a moda geral não conversa com a igreja em muitos aspectos, sendo complicado encontrar roupas que encaixassem na fé evangélica, imagina roupas de qualidade e com uma boa modelagem?A história da moda evangélica precisava começar em algum momento, alguém precisava ver a necessidade que as mulheres tinham de serem aceitas na sociedade sem abrir mão do que acreditavam. Por isso a moda evangélica é tão importante: ela inclui. O mais legal é que a moda atendeu tão bem as mulheres evangélicas, que esse nicho só tem crescido com respeito e dedicação à doutrina que essas mesmas mulheres seguem. Dando a elas o direito de seguir a moda atualizada com estilo e personalidade, sem desrespeitar sua crença.

A moda evangélica é uma visão de respeito à religião, levando para as mulheres cristãs mais opções de roupas e combinações que não teriam se essa história não fosse realidade.

vestido longo estampado vestido roxo

( Clique na foto para comprar )

4. Como seguir a moda sem desrespeitar a doutrina?

Como a ideia é não apelar para o corpo, uma roupa sofisticada e charmosa é a maior procura das evangélicas. Uma roupa que veste bem, com um bom acabamento e um tecido de qualidade é o que a maioria das mulheres busca, seja cristã ou não. A moda evangélica proporcionou isso sem que as mulheres tenham muito esforço para encontrar o que procuram.  Claro que a moda evangélica facilitou muito as escolhas de roupas para as mulheres! Mas sempre temos aquela pulga atrás da orelha na hora de nos vestir bem, não é? Então que tal algumas dicas? A moda evangélica é um tanto focada no estilo romântico, com vestidos rodados, roupas com cintura marcada, camisetas lisas ou estampadas, com bordados e afins, e cardigãs estilosíssimos! 

Mas é claro que não deixa de lado uma moda mais séria e elegante para as mulheres mais velhas, tendo também camisas de diversos modelos, tamanhos e estampas e saias mais ajustadas e neutras, deixando a mulher evangélica se vestir com sua própria personalidade, sem precisar procurar muito por uma peça de qualidade.

O importante é combinar as peças que você mais gosta sem precisar abrir mão de suas doutrinas, sendo linda da sua maneira, como Deus a fez.

vestido longo via tolentino conjunto e saia via tolentino

vestido vermelho gisele santana vestido longo estampado

( Clique na foto para comprar )

 

Gostou de saber um pouco mais sobre a história da moda evangélica nesse post? Comenta pra gente sua opinião e compartilha com mais gente que precisa saber disso! E que Deus a abençoe!

 

Comentários
Cadastre-se e receba novidades do blog