Condições de Parcelamento
Até 10x Sem Juros.
Condições no Pix
No PIX é Mais Barato!
Condiçõesa de Frete
Frete Grátis para Todo o Brasil.
Condições de Troca
A 1° troca é GRÁTIS*.
Carrinho de compras
Seu carrinho está vazio

PEGUE SEU CUPOM AQUI 👉 TERMINA EM:

  • 00
    h:
  • 00
    m:
  • 00
    s

Moda gestante: dicas de estilo para as futuras mamães.

Data da postagem 23/02/2024 Categoria MODA
Visualizações
148 visualizações

Essas dicas da moda gestante é para as mulheres ficarem ainda mais maravilhosas na gestação.

A gravidez é um período de transformação e para o melhor conforto do bebê, o corpo muda conforme as fases.

Nem por isso, é necessário deixar o estilo de lado.

Continue lendo e descubra alguns truques de styling para aliar conforto nos próximos looks.

Aposte em peças práticas e confortáveis


moda-gestante-blog

A primeira dica não poderia ser diferente. Ame a moda ou nem ligue tanto para ela, o fato é que o conforto é requisito fundamental durante esse momento da vida.

Sendo assim, as peças práticas costumam ser altamente indicadas pela funcionalidade. Por exemplo:

  • Vestido midi,
  • Vestido com babado,
  • Vestido manga ¾,
  • Vestido canelado e
  • Calça reta.

Um ponto interessante tem a ver com as peças coladas.

Elas não precisam ser esquecidas no guarda-roupa. Afinal, colada é diferente de apertada

Alguns vestidos de malha canelada são ótimos exemplos de peças coladas que vestem muito as gestantes.

E sem prejudicar o crescimento do bebê.

Outra ideia ótima vem das calças de modelagem flare. Do lado da moda, dão fluidez no visual, já que alongam a silhueta.

Por outro, deixas as mulheres super confortáveis.

É uma opção valiosa para ter no armário e variar com o básico legging, que costuma ser a escolha de sempre.

Calças maleáveis são essenciais


calcas-para-gestantes-blog

A escolha das roupas das grávidas sempre deve ser baseada em peças confortáveis, portanto, leves e macias.

Isso faz com que as leggings caiam na preferência das gestantes – até porque é uma peça de roupa que toda mulher tem em casa.

Mas, há outras alternativas, como calças de malha e moletom.

Inclusive, há uma explicação para isso. Com a expansão do útero e crescimento da barriga, as roupas apertadas se tornam incômodas.

Por isso, deve-se usar tecidos leves ou com elástico na região da cintura. Blusas e vestidos que apertam demais também não são legais para esse momento tão lindo.

A partir dessa teoria, há um ponto interessante: o jeans. Uma das dúvidas mais comuns é: grávida pode usar calça jeans? Sim, podem.

Desde que escolham peças de qualidade e com tecidos mais leves. Isso aumenta a chance de combinar looks de gestante incríveis.

>> Veja como comprar calça jeans para gestantes

Além da maleabilidade do tecido, vale a pena pensar em cores neutras, o que permite mais combinações com o restante do look.

Se forem itens coloridos, use o círculo cromático e arrase! Assim, dá para manter o estilo pessoal de um modo mais natural e sem precisar quebrar a cabeça.

Fique atenta ao tecido


tecido-de-roupa-gestantes-blog

Para ir ao encontro dos tópicos acima, vale a pena falarmos dos tipos de tecidos.

Para se sentir bem consigo mesma durante a gestação, pense em opções que são agradáveis aos movimentos do corpo.

Assim como se encaixam muito bem às mudanças que acontecem nesse período.

  • Algodão,
  • Malha,
  • Seda,
  • Cetim e
  • Linho.

Esses são alguns exemplos de tecidos molinhos que permitem a melhor respiração da pele.

Se estiver com dúvidas sobre como combinar essas opções com outras peças, lembre-se dos truques de styling.

Ou seja, uma série de conhecimento que transforma o look a partir de cada elemento visual.

Uma terceira peça deixa muito mais estiloso


terceira-peca-blog

cta blog

O principal objetivo desse elemento é alongar o visual e trazer mais personalidade para as mulheres autênticas.

Ao optar por uma terceira peça mais comprida é possível dar um toque final na produção, criando harmonia sem precisar fazer muito esforço.

Entre as peças de sobreposição mais indicadas, temos:

  • Quimono,
  • Casaco,
  • Jaqueta,
  • Blazer,
  • Colete e outros.

É muito interessante considerar essa alternativa também para o fim da gravidez, quando as peças ficam mais justas ao corpo.

Então, vestidinhos largos e blusas mais compridas, que são básicas, ganham um novo conceito com a terceira peça.

Do básico ao chique, inove com esse elemento da moda.

Invista nos acessórios e sapatos


invista-em-acessorios-blog

Para as mulheres que optarem por um look básico de gestante, uma ótima saída é investir nos acessórios e sapatos, que mudam o jogo.

Assim, forma-se uma combinação mais poderosa e sofisticada sem deixar o conforto de lado.

Entre os sapatos baixos e fechados, opções são:

  • Sapatilha,
  • Mocassim e
  • Sapato Oxford.

São modelos clássicos e elegantes, que garantem conforto nas pisadas.

Outra dica é ter em casa aqueles de cores neutras, que vão dar certo com quase todos os tipos de looks por serem mais versáteis.

Ah, o tênis sneakers voltou a ser tendência no street style, sendo ótima ideia também.

A moda HI-LO para não errar


moda-hi-lo-blog

fonte: pinterest


O High-Low ou HI-LO é um estilo da moda preferido pelas futuras mamães.

E há uma boa explicação para isso: possibilita as mais diferentes peças sem se importar muito com os mundos em que estão inseridos.

Ou seja, permite looks totalmente fora do padrão. Exemplos?

  • Um moletom contrastado com um casaco elegante,
  • Moletom com bolsas transpassadas e acessórios e
  • Peça de alfaiataria com shorts de tecidos soltos.

Assim, pense em um estilo esportivo somado a peças românticas ou refinadas.

Isso é possível, isso é HI-LO. O que faz com que suas opções permitam mais variáveis na montagem das próximas vezes que for abrir o guarda-roupa.

E, claro, sempre enviesando a ideia do conforto.

Moda gestante: o que não vestir na gravidez


o-que-nao-vestir-na-gravidez-blog


cta blog

Para terminar o blog, algumas dicas do que não fazer na moda gestante.

O primeiro é sobre o uso de alguns tecidos sintéticos.

Eles possuem várias vantagens, como o fato de esticarem, serem confortáveis e permitirem lavagens rápidas.

Porém, é preciso cuidado porque essa elasticidade tem limites. E, para as grávidas, roupa apertada não dá certo!

Então, se não for possível optar pelos tecidos naturais, como algodão, uma ideia é a de pensar naqueles que são mistos, com pouco elastano.

E falando em elasticidade, saiba que o uso de cintas modeladoras não é indicado.

O motivo é que esse tipo de acessório dificulta o crescimento do útero e as consequentes mudanças físicas no corpo da mulher.

Logo, pode trazer vários problemas durante essa fase linda.

Outra dica é deixar de lado esse mito de que usar roupas quentes evita o resfriado.

Com medo de ficarem doentes, as futuras mamães acabam acreditando nessa ideia.

No entanto, em regiões e épocas quentes, o mais aconselhável é usar roupas leves e fresquinhas.

Continue acompanhando outros conteúdos como esse no nosso blog.

Veja mais

Siga nas redes sociais
  • Via Evangélica no Youtube
  • Via Evangélica no Instagram
Cadastre-se e receba novidades do blog
Buscar Post

Aceite os cookies e tenha uma melhor experiência em nosso site, consulte nossa Política de Privacidade.